Os 4 princípios do mundo aberto – Don Tapscott

Don Tapscott - Colaboracao

As gerações atuais têm sido banhadas em tecnologia de conetividade desde o nascimento, diz o futurista Don Tapscott, e como resultado, o mundo está se tornando bem mais aberto e transparente. Nesta inspiradora palestra, ele lista os quatro mais importantes princípios que mostram como este mundo aberto pode ser um lugar bem melhor.

Princípio 1 – Colaboração

A mineradora canadense Goldcorp foi uma das pioneiras na prospecção desse mundo sem fronteiras. O dono da empresa, Rob McEwen, tomou uma decisão radical em 2000, quando suas esperanças de localizar novas jazidas de ouro em Ontário estavam quase esgotadas: colocou na internet todas as pesquisas geológicas que a companhia havia realizado e lançou um concurso global, com prêmio de US$ 575 mil para os que contribuíssem com as melhores idéias na confecção do mapa da mina.

Dezenas de pessoas de diferentes partes do mundo responderam ao desafio, e a Goldcorp encontrou jazidas de ouro em quantidade suficiente para catapultar seu faturamento de US$ 100 milhões para US$ 9 bilhões. A colaboração em massa permitiu que a empresa encurtasse seu tempo de pesquisa e prospecção em dois a três anos, segundo McEwen.
Para ser bem-sucedida nessa empreitada, a Goldcorp teve que abrir para o mundo informações geológicas estratégicas, tratadas até então como segredo industrial.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi2406200710.htm

Princípio 2 – Transparência

As pessoas ficaram atordoadas com o WikiLeaks, mas aquilo é só a ponta do iceberg. Sabe, as pessoas agora têm ao seu alcance, todos, não apenas Julian Assange, estas ferramentas poderosas para descobrir o que está acontecendo, examinando, informando aos outros, e até mesmos organizando reações coletivas. As instituições estão se despindo,

Princípio 3 – Compartilhar

Agora, o terceiro princípio da abertura diz respeito a compartilhar. O que é diferente de transparência.Transparência diz respeito à comunicação da informação. Compartilhar diz respeito à doação de bens, de propriedade intelectual.

E existem todo tipo de histórias conhecidas sobre isso. A IBM ofereceu 400 milhões de dólares em software para o movimento Linux, e isso proporcionou-lhes um lucro multi-bilionário.

Princípio 4 –  Empoderamento

Conhecimento e inteligência são poder, e quando tornam-se mais distribuídos, acontece distribuição concomitante e descentralização e desagregação de poder que está a caminho no mundo de hoje. O mundo aberto está trazendo liberdade.

Vejam a Primavera Árabe. O debate acerca do papel das mídias sociais e a mudança social terminou.Sabe, uma palavra: Tunísia. E acabou gerando um bando de outras palavras também. Mas na revolução da Tunísia, as novas mídias não causaram a revolução; ela foi causada pela injustiça. As mídias sociais não criaram a revolução; ela foi criada por uma nova geração de jovens que queriam emprego e esperança e não queriam mais serem tratados como sujeitados.

Livro Wikinomics - Como a colaboração em massa pode mudar o seu negócio

Marcio Okabe

Deixe uma resposta